Arquivo da tag: eastern europe

Warsaw • Varsóvia

 Os poloneses são bastante atenciosos; para os quais pedi alguma informação não falavam uma palavra de inglês. Ainda assim, a comunicação fluiu de buenas.

 A Cidade Velha (Stare Miasto) de Varsóvia é patrimônio mundial histórico e cultural desde 1966. A região é linda, mas bem pequena; ela foi destruída 4 vezes (a última durante a 2a GM).

 Pierogi é uma comida típica polonesa (e confesso que eu ainda não experimentei, porque estou com resquícios gastronômicos húngaros e ando meio viciada no Goulash, rs).

Budapeste • Budapest

 Sinto o povo húngaro mais próximo do latino, no sentido da afetividade. Diferentemente dos checos, os húngaros me parecem um pouco mais acessíveis (apesar de igualmente reservados).

 Budapeste é uma cidade plana, impossível se perder aqui!

 Os húngaros compreendem bem o inglês.

 O sinal aberto, porém nenhum carro passando pela rua. Ainda assim, aqui ninguém atravessa de jeito nenhum a faixa de pedestre enquanto o farol não estiver verde.

 Há mais carros que em Praga. Ainda assim predominam as bikes, trams (bondes elétricos), metrô e um dos mais antigos meios de transporte que se tem conhecimento: as pernas, rs.

Praga • Prague

Anda-se MUITO a pé aqui. Quem estiver pensando em vir, venha preparado porque o rolê é forte.

Grande uso de transporte público também, principalmente trams (bondes elétricos) e metrô. Carros em menor número.

 Na plataforma do metrô todos esperam BEM atrás da faixa (que não é amarela, como  no Brasil).

No metrô, você pode comprar tickets para viagens de 30 e 90 minutos, que custam 24 e 32 czk (cerca de R$ 3,75 e R$ 5,00).

Em sua grande maioria, o povo local não fala inglês, apenas checo e russo. Os mais velhos também falam alemão. Foram os turistas (sim, rs) que me “salvaram” quando vez ou outra precisei pedir informação.

Aqui você toma cerveja checa em temperatura ambiente. Elas são servidas em canecas de 500ml (sim, você leu certo, meio litro de cerveja!).

O idioma eslavo tem som de cubo mágico (essa constatação tem toda a lógica do mundo após algumas canecas de cerveja checa).